.
Fechar

Acesso Caixadirecta

Empresas
Particulares
Fechar

Acesso Caixadirecta

Empresas
Particulares
Newsletter Caixa Empresas Fevereiro de 2019
Newsletter Caixa Empresas Fevereiro de 2019

 INTERNACIONALIZAÇÃO

 

A OCDE prevê que a economia portuguesa cresça 2,1% em 2019, tendo como motores o consumo privado (+1,8%) e as exportações (+4,3%).

As projeções do Banco de Portugal, apesar de mais cautelosas, apontam para um acréscimo das exportações de 3,7% em 2019, 4% em 2020 e 3,6% em 2021.

A Caixa é o parceiro na internacionalização da sua empresa, presente em 4 continentes, com destaque para a China e para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, colocando ao seu dispor diversas soluções no apoio e gestão, ao crescimento do seu negócio internacional:

 

Apoio à atividade corrente:

  • Créditos Documentários;
  • Forfaiting (Créditos Documentários - Importação/Exportação);
  • Remessas Documentárias;
  • Adiantamentos de Remessas;
  • Limite Descoberto Empresas (Multidivisas);
  • Negociação Cambial.

Apoios ao Investimento:

  • 2.600 Milhões de euros nas Linhas Capitalizar Mais e Capitalizar 2018;
  • 1.500 Milhões de euros na Linha Comercial Portugal-Angola, (Financiamento por crédito ao importador);
  • 200 Milhões de euros na Linha Caixa Invest Inovação (FEI);
  • CAIXA 2020, uma solução global de crédito para apoio complementar às empresas que apresentem candidaturas ao Programa de Fundos Comunitários Portugal 2020.

CRÉDITOS DOCUMENTÁRIOS EXPORTAÇÃO

 

Maior segurança nas transações internacionais e garantia de pagamento.

A Caixa assume a garantia de pagamento das suas transações internacionais, conferindo-lhe uma maior segurança nas transações internacionais, em particular nos novos mercados emergentes.

Esta garantia ocorre através da confirmação de cartas de crédito e elimina o risco comercial, o risco político e o risco de transferência com que o exportador se debate nos fornecimentos ao estrangeiro, permitindo efetuar o adiantamento das exportações em condições vantajosas.

Este tipo de operação reduz os riscos de pagamento, garante segurança nas transações de comércio externo e potencia a consolidação de novos relacionamentos comerciais.

A Caixa procede à confirmação de créditos documentários de exportação para um leque vasto de países, através dos seus bancos correspondentes, e oferece condições especiais para África, nomeadamente Cabo Verde, Moçambique e São Tomé e Príncipe, e Ásia (China).

Vantagens

  • Segurança dos intervenientes no comércio internacional:
    1. Segurança dos exportadores - o exportador tem a garantia do pagamento integral do valor da sua exportação;
    2. Possibilidade de acesso a operações de adiantamento sem recurso (forfaiting.
  • É possível ainda, via Caixadirecta Empresas, consultar as operações de Créditos Documentários de Exportação, respetivos eventos, avisos e swifts.

FORFAITING

 

Desconto de cartas de crédito de exportação.

Para que o seu negócio não pare, a Caixa antecipa a 100% as receitas de exportação por Créditos Documentários em euros, proporcionando, de uma forma célere, liquidez imediata à sua empresa.

O Forfaiting de Exportação consiste na compra sem recurso, pela Caixa, dos Créditos Documentários de exportação emitidos a prazo, provenientes do Comércio Externo.

Através do Forfaiting, a Caixa assume os instrumentos de dívida do exportador e o risco de pagamento pelo importador, libertando o exportador de qualquer risco financeiro na transação Este será assim unicamente responsável pela qualidade e confiabilidade dos bens e/ou serviços prestados.

Vantagens:

  • Liquidez imediata, com o pagamento à vista do Crédito Documentário;
  • Mitigação do risco económico, político e de não pagamento do importador (Crédito Documentário Notificado);
  • Maior rapidez no acesso a financiamento;
  • Redução da carga administrativa e dos problemas de cobrança.

icon Conta Caixa Business

CONTA CAIXA BUSINESS

 

Gerir bem também é pagar menos.

O que é?
É uma solução multiproduto constituída por uma conta à ordem, transferências online, cartões de débito e crédito, cheques e vantagens de preço nos TPA netcaixa.

Como funciona?
Por uma única comissão de manutenção de conta, inferior à aquisição avulsa dos produtos, tem acesso a um conjunto de benefícios associados aos produtos essenciais, facilitadores da atividade da sua empresa.

Como aderir?
Pode aderir em qualquer Agência ou Gabinete Empresas da Caixa. Se a sua empresa já é Cliente Caixa, basta associar a conta à ordem, os cartões de débito e/ou de crédito e o Caixadirecta Empresas, no momento da adesão, a uma das opções da Conta Caixa Business.


IMÓVEIS CAIXA

 

Oferta Imobiliário do Grupo Caixa para compra, arrendamento ou investimento.

A Caixa Geral de Depósitos, através da Caixa Imobiliário, desenvolve a comercialização de imóveis propriedade do Grupo Caixa nas suas diversas vertentes: compra, arrendamento ou investimento em empreendimentos, escritórios, lojas, armazéns ou terrenos.

Disponibilizamos ao mercado uma diversificada carteira de imóveis, em condições competitivas e permanentemente ajustadas, por métodos criteriosos de avaliação, sustentadas nos indicadores mais atualizados do mercado.

Se procura um novo espaço da sua empresa, escolha um imóvel propriedade do Grupo Caixa e beneficie de condições competitivas de crédito ou leasing, na aquisição ou arrendamento, acedendo ao site do Caixa Imobiliário.

Apoio Especializado
Conte sempre com a equipa da Caixa para lhe prestar todo o apoio na pesquisa do seu novo espaço para a instalação do seu negócio.

Pode conhecer a nossa oferta imobiliária e condições de financiamento, através de:

  • Linha Caixa Imobiliário: 707 24 24 30 (24 horas por dia);
  • Gestor comercial mais perto de si, acedendo à área de contactos do site Caixa Imobiliario.pt;
  • Agência ou Gestor Caixa Empresas.

SABIA QUE

 

... ... no Serviço Caixadireta Empresas,

é permitido solicitar alterações aos Créditos Documentários de Importação?

está disponível a criação de propostas novas para Créditos Documentários de Importação (CDI) e Adiantamentos de Remessas de Exportação (Livres) (ARE)?

consegue acompanhar a evolução do estado das suas propostas de Créditos Documentários de Importação e Adiantamentos de Remessas de Exportação?

são produzidos comprovativos das propostas finalizadas de Créditos Documentários de Importação e Adiantamentos de Remessas de Exportação?

icon fora da Caixa

ACONTECEU

 

O XXIV Encontro Fora da Caixa decorreu a 15 de janeiro no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, nos Açores.

Este Encontro convidou a uma reflexão sobre os impactos da ultraperiferia na vida de quem vive e trabalha nos Açores, bem como da autonomia para a manutenção da qualidade de vida dos açorianos e de como estas duas temáticas se entrecruzam.

José João Guilherme, Administrador Executivo CGD, assegurou a abertura do evento, salientando a relevância nacional e global do arquipélago.

A Economia do Mar foi o tema em debate, um setor vital para esta Região, fundamental para a Pesca, Turismo e fonte de investigação tecnológica. Salientando as oportunidades deste arquipélago, foram analisadas as dinâmicas económicas, políticas e geoestratégicas que o mar tem nos Açores.

Para debate da temática Insularidade: Desafios e Oportunidades, a Conferência contou com a intervenção de várias personalidades da sociedade e economia do arquipélago.

O Administrador da Comissão Executiva Francisco Cary participou neste painel, onde foram discutidos os desafios que muitas empresas enfrentaram inerentes à evolução de uma economia de subsistência para uma economia de mercado. Salientou alguns exemplos empresariais de sucesso, bem como os constrangimentos que a nova geração tem pela frente, nomeadamente a necessidade em olhar além do continente português, em direção a outros mercados.

O Presidente da Comissão Executiva, Paulo Moita de Macedo, encerrou o debate, mencionando a realidade atual da economia e das empresas, em particular da Região dos Açores, e a sua relevância para a economia portuguesa, sem esquecer o papel da Caixa numa época de mudança.

A Conferência organizada pela Caixa Geral de Depósitos, em parceria com o Expresso, integra o ciclo de Encontros Fora da Caixa, que tem como intuito aproximar os seus Clientes do setor empresarial..

PARCERIAS

 

A Caixa está associada desde a primeira edição, em 1995, ao SISAB – Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas, que este ano decorrerá de 25 a 27 de fevereiro, no Altice Arena, em Lisboa.

Reconhecido como o maior encontro anual especializado na exportação de produtos alimentares portugueses e considerada a maior plataforma do mundo de negócios na fileira agroalimentar, este é um evento com características únicas, líder de mercado no apoio à exportação das empresas que marcam presença no certame, possibilitando anualmente milhares de novos negócios em diferentes áreas geográficas.

Esta 24.ª edição do certame promete bater todos os recordes de participação, tanto nacionais como internacionais. Estão previstos mais de 1600 compradores internacionais, vindos de 130 países para conhecer os produtos alimentares portugueses, que serão expostos por mais de 500 produtores nacionais.

Tal como nas edições anteriores, a Caixa estará presente com gestores dedicados para apoiar as empresas na obtenção das melhores soluções para a sua internacionalização. Através de produtos como créditos e remessas documentárias, antecipação de receitas de exportação, desconto de cartas de crédito e garantias bancárias e estando presente em quatro continentes, com foco na China e nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, a Caixa é o parceiro financeiro para a internacionalização das empresas.

PRÓXIMOS EVENTOS

 

Eventos CCIP:

  • One-to-one Marrocos – 21 de fevereiro de 2019 (CCIP 10h00 - 18h00);
  • Missão Empresarial à Costa do Marfim – 10 a 14 de março de 2019 (inscrições até 8 de fevereiro de 2019).

Os Clientes CGD beneficiam de condições de associado para os Eventos e Missões Internacionais da CCIP.

As condições da oferta de produtos e serviços mencionadas respeitam à data das Newsletters e não vinculam a CGD à data atual.

Newsletters anteriores