.
Fechar

Acesso Caixadirecta

Empresas
Particulares
Fechar

Acesso Caixadirecta

Empresas
Particulares

Caixa BEI 2017

 Caixa BEI 2017

Invista com benefício na taxa de juro

A linha de crédito Caixa BEI 2017, negociada com o Banco Europeu de Investimento (BEI) no montante de 150M€, financia o investimento em ativo fixo e reforço de fundo de maneio das empresas portuguesas.

Características

Montante da linha

Montante global de 150.000 milhões de euros.

Finalidade

Apoiar o investimento em ativo fixo e reforço de fundo de maneio.

Tipologia das operações

a. Empréstimos de médio e longo prazo e operações de leasing.

b. Operações a contratar ao abrigo das linhas de crédito Capitalizar, Apoio à Qualificação da Oferta das Empresas do Turismo, Caixa 2020 e linhas a protocolar no âmbito do Programa Portugal 2020, linhas protoladas com o IFAP para o Setor Agrícola e Florestal e linhas AgroCaixa não protoladas, Solução Caixa Empresas Energias Renováveis, Garantia Mútua-FEI 2013-2015, Garantidas com as SGM e outros financiamentos de MLP.

Destinatários

Poderão candidatar-se à linha Caixa BEI 2017 as entidades públicas e privadas.

Existem, no entanto, exceções aos setores de atividade económica elegíveis, a consultar junto do seu Gestor.

Montantes e prazos

PME e/ou MIDCaps com investimentos até 25.000.000€
Afetação de Fundos BEI até 100% do custo total do investimento, não podendo, no entanto, exceder 12.500.000€  por projeto.
Prazo mínimo 2 anos, não devendo exceder a vida económica/técnica do investimento.
Carência: Se existente, não deverá exceder 1 ano.

MIDCAPs com investimentos >  25.000.000€ e ≤  50.000.000€
Afetação de Fundos BEI até 50% do custo total do investimento.
Prazo mínimo 2 anos, não devendo exceder a vida económica/técnica do investimento. Carência: Se existente, não deverá exceder 1 ano.

Entidades do Setor Público
Entre 40.000 € e 25.000.000€.
Montante de afetação de Fundos BEI até 50% do custo total do investimento.
Prazo mínimo 5 anos, não devendo exceder a vida económica/técnica do investimento.
Carência: Se existente não deverá exceder 1 ano.

Empresas do setor privado (não PME e não MIDCAPs)
Entre 40.000€ e 25.000.000€.
Montante de afetação de Fundos BEI até 50% do custo total do investimento.
Prazo mínimo 4 anos, não devendo exceder a vida económica/técnica do investimento.
Carência: Se existente não deverá exceder 1 ano.

Outras Condições

Se o projeto a financiar beneficiar de subsídios ou fundos oriundos da EU, a soma desses fundos com os fundos BEI da linha Caixa BEI 2017 não poderá exceder:

a. 100% do custo total do projeto, no caso das PME e/ou MIDCaps com investimentos até  25.000.000€;
b. 70% do custo total do projeto, no caso das MIDCAPs com investimentos entre 25.000.000€ e 50.000.000€;
c. 90% do custo total do projeto, no caso das Entidades do Setor Público;
d. 70% do custo total do projeto, no caso das outras empresas do setor privado.

A maturidade das operações a enquadrar na linha Caixa BEI 2017 não deverá exceder os 8 anos.

Vantagens

a. Redução no spread de, no mínimo, de 25 pb.

b. Possibilidade de enquadrar operações a contratar ao abrigo de diversas linhas de crédito.

Para mais informações e candidaturas, dirija-se à sua agência ou Gabinete Caixa Empresas.


TAE de 4,135%, calculada com base na TAN de 2,450% (Euribor 12M com mínimo de 0% (0,000%) + spread de 2,45%) em setembro de 2017, para o financiamento sob forma de mútuo de 1.000.000 euros, com prazo de 84 meses e prestações mensais iguais de capital acrescidas de juros.

As Pequenas e Médias Empresas (PME) consideradas são empresas com menos de 250 empregados. As Empresas de média capitalização (MIDCAPs) consideradas são empresas com um mínimo de 250 mas menos de 3000 empregados.