.
Fechar

Acesso Caixadirecta

Empresas
Particulares
Fechar

Acesso Caixadirecta

Empresas
Particulares

Caixa PPR Capital Mais

 Caixa PPR Capital Mais

O seu PPR que lhe garante elevada segurança.

Com o Caixa PPR Capital Mais pode preparar o seu complemento de reforma. Sem encargos de subscrição, oferece-lhe elevada segurança com rendimento mínimo garantido, acrescido de um rendimento anual variável, constituído por uma participação nos resultados do Fundo Autónomo de investimento.

Prazo: Mínimo de 5 anos e 1 dia*
Mín. constituição: 150 €
Máx. constituição: n.a.

Características

Destinatários

O Caixa PPR Capital Mais pode ser subscrito por Clientes Particulares residentes em Portugal e por Empresas com sede em Portugal a favor e em nome dos seus trabalhadores.

A idade mínima e máxima de subscrição é de 18 e 80 anos, respetivamente, com termo do contrato aos 85 anos de idade da pessoa segura.

Finalidade

Este é um Plano de Poupança-Reforma que permite a constituição de uma poupança para o momento da reforma, da pessoa segura.

Mínimo de subscrição

150 € .

Prazo*

Mínimo de 5 anos e 1 dia, não podendo o contrato terminar antes dos 60 anos de idade da pessoa segura.

Plano de Entregas

O plano de entregas periódicas pode ser contratado de acordo com os seguintes valores:

a) mensal: 50 €
b) trimestral: 150 €
c) semestral: 300 €
d) anual: 600 €.

Pode suspender ou retomar as entregas sempre que entender, bem como aumentar ou diminuir o seu valor, desde que respeite os mínimos estabelecidos.

São também permitidas entregas adicionais com um valor mínimo de 150 €.

Os montantes entregues são investidos na totalidade, não existindo encargos de subscrição.

A manter-se a atual legislação fiscal, as entregas efetuadas nos últimos 5 anos de vigência do contrato não podem ser deduzidas à coleta, motivo pelo qual nestes casos o Segurador não emitirá a respetiva declaração.
Neste contexto e salva indicação expressa em contrário do Tomador do seguro, o Segurador poderá, quando faltarem menos de cinco anos para o termo do contrato, suspender o pagamento de entregas periódicas ou não periódicas.
Para além disto, quando o termo do contrato estiver a menos de cinco anos e já tiver decorrido pelo menos metade do seu prazo de vigência, o Segurador não poderá aceitar entregas, periódicas ou não periódicas, sempre que o valor das entregas pagas durante a primeira metade do contrato seja, ou passe a ser, inferior a 35% da totalidade das entregas pagas.
O Segurador poderá, a todo o tempo, recusar o pagamento de prémios, periódicos, caso a taxa de juro "swap” do euro a dez anos atinja valores abaixo da taxa de juro anual definida pelo Segurador acrescida de 1%.
A realização de entregas não periódicas carece sempre de acordo do Segurador.

Rendimento

Garante um  rendimento mínimo anual calculado à taxa anual garantida
no exercício, acrescido de uma eventual participação nos resultados do Fundo Autónomo atribuída anualmente aos contratos em vigor a 31 de dezembro.

A taxa anual de rendimento garantido definida no início de cada ano é, no mínimo, de valor correspondente a 80% da média da taxa Euribor a 3 meses observada nos últimos 5 dias úteis do ano civil anterior, não podendo exceder o valor máximo de 4%.
Em 2018, a taxa em vigor até 31 de dezembro é 0,40%.

Condições de reembolso

Pode ser efetuado reembolso total ou parcial nas condições legalmente permitidas para os Planos Poupança Reforma, nomeadamente:

1. Reforma por velhice ou a partir dos 60 anos de idade da pessoa segura ou do cônjuge, desde que o PPR seja um bem comum devido ao regime de bens do casal;

2.Desemprego de longa duração, incapacidade permanente para o trabalho, doença grave da pessoa ou de qualquer  elemento do agregado familiar;

3.
Morte da Pessoa segura ou do seu cônjuge quando o PPR constitua um bem comum do casal;

4.
O valor de reembolso total corresponde ao Capital Garantido na data do pedido, acrescido da eventual participação nos resultados relativa ao período decorrido desde o início do ano civil e deduzido da respetiva comissão, se aplicável.
Em caso de reembolso parcial o respetivo valor bem como o valor remanescente do Capital Garantido, após o reembolso, não poderão ser inferiores ao mínimo em vigor no Segurador para este tipo de contrato. Atualmente os valores mínimos são de 500 €.
Estes limites não são aplicáveis em caso de reembolso da quota-parte respeitante ao falecido, em caso de morte do cônjuge da Pessoa Segura quando o PPR constitui um bem comum do casal.

Pagamento no vencimento

No vencimento do contrato pode optar por:

a) Receber o capital, na totalidade ou em parte;
b) Receber uma renda vitalícia;
c) Receber uma renda temporária, na totalidade ou em parte do capital.

Fiscalidade(1)

O Caixa PPR Capital Mais permite-lhe, nos termos da legislação fiscal em vigor, a dedução à coleta de IRS dos prémios pagos, até ao limite legalmente estabelecido, com exceção dos valores aplicados por sujeitos passivos reformados e das entregas efetuadas nos últimos 5 anos de vigência do contrato.

A transmissão gratuita dos créditos provenientes do PPR Capital Mais não se encontram sujeitos a imposto do selo.

(1)
Fiscalidade à entrada (Benefícios Fiscais)

Dedução à coleta em sede de IRS até 20% do investimento, dentro do limite global de deduções para o escalão de rendimentos tributáveis.

Fiscalidade à saída
 Até 5 anosDe 5 anos e 1 dia a 8 anos8 anos e 1 dia ou mais longo
PPR
Resgate dentro das condições previstas na Lei
-8%8%
PPR
Resgate fora (a) das
condições previstas na Lei
21,5%17,2%8,6%
Outros Investimentos28%22,4%11,2%

(a) Caso tenha usufruído de benefícios na dedução à coleta ficará sujeito a penalizações (importâncias deduzidas serão acrescidas à coleta com majoração de 10% sobre cada ano ou fração decorridos).




Esta informação não dispensa a consulta da informação pré-contratual e contratual legalmente exigida.

Este seguro é um produto da Fidelidade - Companhia de Seguros, S.A., comercializado através da CGD, Avenida João XXI, 63, 1000-300 Lisboa, na qualidade de Mediador de Seguros Ligado, registado na ASF, em 20 de setembro de 2007, e autorizado a exercer atividade nos Ramos de Seguros de Vida e Não Vida com a Fidelidade – Companhia de Seguros S.A. Os dados do registo estão disponíveis em www.asf.com.pt. A CGD, enquanto mediador, não assume a cobertura dos riscos, nem está autorizada a receber prémios nem a celebrar contratos de seguro em nome do Segurador.