Alojamento turístico

Quais as diferenças entre um hostel e um hotel?

Casa e Família

A informalidade e os preços competitivos ajudam a explicar o sucesso que os 'hostels' têm vindo a ganhar nos últimos anos. 08-07-2014

Com as férias à porta, chegou a altura de muitas famílias escolherem não só destino de férias mas também o tipo de alojamento pretendido para gozar os dias de descanso a que têm direito. E neste campo, um dos tipos de alojamento que tem ganho maior expressão em Portugal nos últimos anos é o alojamento em hostels.

Estes espaços funcionam como albergues e caracterizam-se por proporcionar um tipo de alojamento mais informal e económico, constituindo uma alternativa face ao alojamento num hotel.

Muitos hostels têm quartos privativos mas, todos têm quartos em regime de dormitório. Isto significa que é possível que tenha de partilhar os seus quatro com outras pessoas. Se prefere ter mais privacidade, então se calhar este não é o tipo de alojamento ideal para si. Mas, se gosta de ambientes mais informais e que promovam a proximidade entre hóspedes, então esta pode ser a forma mais atrativa de fazer férias.

Os preços praticados podem ser tentadores. Por exemplo, se ficar alojado num hostel na zona do Chiado por uma noite, num dormitório, o alojamento custar-lhe-á 16 euros, com pequeno-almoço incluído. Se optar por reservar antes um quarto duplo (com casa de banho partilhada e pequeno-almoço incluído), o preço do quarto fica por 66 euros. Já se ficar instalado num hotel de três estrelas na mesma zona, a fatura sobe, no mínimo, para os 79 euros.

Se nestas férias quiser ficar alojado num hostel pode utilizar o portal Hostel World para pesquisar o melhor albergue em todos os destinos no mundo. Além de fornecer informação sobre os preços praticados em cada unidade, o portal permite ainda fazer a reserva, assim como visualizar as críticas de antigos hóspedes.