As 7 sugestões para a vida financeira durante a pandemia

DaBox

Sem aviso ou margem de fuga, a pandemia foi devastadora mas há que saber reagir. Eis 7 sugestões para reagir à pandemia. 28-05-2020

 

Chegou sem aviso e deixou mossa na vida financeira de muitas famílias. A pandemia pode ter tido impacte violento mas não nos pode fazer vacilar. Deixamos-lhe 7 sugestões para gerir melhor a sua vida financeira neste contexto de pandemia.

São sete sugestões avisadas para o ajudar a ultrapassar os tempos de dificuldade que todos vivemos. Da instabilidade laboral à escassez de liquidez que nos afeta, passando pela nossas estratégias de poupança.

 

Leia também: Adapte-se ao novo normal

 

Como se pode ajudar a si próprio?

Mesmo não sendo praticante ou adepto de qualquer disciplina iluminada de auto-ajuda, é importante que neste momento de maior adversidade saiba reagir com o apoio de alguns dos princípios que muitas vezes consultamos nos livros daquela especialidade.

Mas não só, ter um espírito suficientemente robusto e resiliente para continuar a acreditar deve juntar-se a bons princípios de prática financeira e gestão. Damos-lhe sete sugestões que o podem ajudar para este e outros momentos de maior aperto.

 

1. Tenha disciplina e acredite em si
Primeiro traçamos um conjunto de objetivos e depois tentamos atingi-los. O desafio passa por acreditar que, mesmo que as circunstâncias possam obrigar a uma alteração de planos, devemos manter a disciplina de acreditar na nossa capacidade de os alcançar. Se não imediatamente, pelo menos mais tarde. Acredite nesta linha de tempo que nos leva a melhores cenários e à concretização do nosso plano inicial.

 

2. Seja versátil e flexível
Se há lição que podemos retirar desta crise pandémica é a de que, mais importante do que insistirmos numa única forma de atuar, numa única maneira de proceder ou numa único modelo de vida, é exercitarmos a capacidade de nos adaptar a novos cenários.

Quando menos se espera, novas realidades podem abrir-nos novos desafios e dificuldades. Tente que esses desafios possam ser superados com imaginação e sentido de oportunidade.

 

3. Aposte numa vida de maior frugalidade
É sempre mais fácil sugerir poupança e sobriedade nos gastos do que praticar esse exercício de modo continuado. Mas, mesmo que o seu contexto concreto não o obrigue a muitas e verdadeiras cedências, é fundamental optar pela prudência. Mais do que nunca a frugalidade deve tornar-se uma opção de vida. Ou seja, permite-lhe poupar; dar-lhe margem para investir em alternativas de investimento e dar-lhe uma almofada financeira para o futuro.

 

Leia também: Fiquei sem rendimentos: o que fazer?

 

 

4. Mantenha a calma e saiba esperar
Manter a perseverança às vezes pode implicar um exercício de paciência mais do que de teimosia em insistir no que pode ser impossível atingir imediatamente. Saber esperar é uma arte que o pode ajudar. Sobretudo numa altura em que se pode ver obrigado a adiar alguns projetos. Mantenha-os na mira mas de maneira prudente. Não arrisque compromissos financeiros a que pode não conseguir dar resposta

 

5. Mantenha-se informado sobre as oportunidades
Num momento de drásticas alterações na sua vida financeira e profissional, deve manter-se vigilante e informado. Esclareça-se sobre medidas, novidades e oportunidades que podem, a dada altura, fazer toda a diferença para recuperar alguma estabilidade que por enquanto dava como perdida. Lembre-se de que se, em circunstâncias normais, a informação é poder. Agora, tornou-se num super-poder. Aproveite-o. Do emprego ao investimento, as oportunidades espreitam.

 

Leia também: Sobe e desce da bolsa

 

6. Siga todas as regras de proteção sanitária e cuide de si
Nada é de facto possível sem que haja uma cautela reforçada com a sua saúde física e mental. Trabalhe para que assim aconteça e não se poupe a esforços. Trata-se de um investimento cuja recompensa é segura e onde os riscos apenas existem se não for capaz de cumprir com as regras. Alimente-se de maneira adequada; siga um regime de preparação física e mental capaz o fazer descansar quando precisa e que o ajude a rentabilizar as suas horas de trabalho.

 

7. Rompa com as amarras da fatalidade
Estar atento à evolução da pandemia é importante mas, não se deixe arrastar pela excessiva atenção que o tema nos tem absorvido. É importante estar a par da sua evolução mas, nada de exageros que nos possam impedir de levantar amarras e seguir para uma nova etapa. Aquela que nos pode fazer recuperar a qualidade de vida que julgávamos perdida.

O QUE A DABOX PODE FAZER POR SI?

Se valorizou as dicas que acabou de ler, conheça e aceda à app Dabox. A Dabox é app da Caixa com funcionalidades completas e integradas de personal trainer financeiro. Planei e acompanhe a sua vida financeira numa única app de forma simples e intuitiva. Gerir as suas contas nunca foi tão fácil.

Saiba Mais AQUI

Leia também: