StartUP Voucher

StartUP Voucher apoia empreendedores e ideias inovadoras

Negócios

A sua ideia precisa de apoio para sair do papel? Este programa promove projetos empresariais inovadores em fase embrionária. 14-02-2020

O termo inglês startup refere-se a projetos empresariais que incrementem um novo modelo de negócio, e que por ainda não gerarem lucro, ainda não podem ser consideradas empresas. Têm, por norma, um forte cariz tecnológico, podendo, no entanto, enquadrar-se em vários setores.

Implementada pelo IAPMEI, a iniciativa Startup Voucher enquadra-se num esforço de apoio à implementação de startups (nacionais e internacionais) em território nacional. Visa financiar projetos empresariais em fase embrionária. Saiba mais sobre os seus objetivos e alcance

Leia também: Já conhece o Programa Shift 4.0?

O que é e como funciona o StartUP Voucher?

O StartUP Voucher é uma das 15 medidas da Estratégia Nacional de promoção do Empreendedorismo, e tem como missão promover o desenvolvimento de projetos inovadores por jovens empreendedores - com ferramentas técnicas e financeiras para viabilizar ideias e a criação de novas empresas.

O projeto visa um ecossistema coerente que incentive o surgimento de novas startups; a aceleração do seu crescimento e reforce a competitividade das pequenas e médias empresas em Portugal.

Destina-se por isso a projetos embrionários, sem empresa constituída e levados a cabo por jovens entre 18 e 35 anos, de nacionalidade portuguesa ou a residir em Portugal  - sem outra fonte de rendimento (inclusive bolsas de apoio ao empreendedorismo).

Os instrumentos de apoio financeiro (bolsa) e técnico são disponibilizados ao longo de um período de até 12 meses de preparação do projeto empresarial. A disponibilização dos apoios é orientada a projetos que beneficiem a Economia das regiões NUTS II, Norte, Centro e Alentejo ou NUTS II – Lisboa.

Leia também: Entrevista a Ana Ventura Miranda

Que tipo de apoio proporciona o StartUP Voucher?

O Voucher StartUP proporciona um apoio monetário e de mentoria. Ao serem selecionados, os promotores do projeto têm acesso a uma bolsa mensal de 691.70€, podendo ser atribuídas até duas bolsas por projeto empresarial e por um período máximo de 12 meses.

Os promotores obtêm ainda acompanhamento do projeto através de uma rede de mentores durante as diferentes fases do projeto e prémios pecuniários mediante avaliação do cumprimento dos objetivos. Estes prémios são atribuídos na avaliação intercalar (1.500€) e final (2.000€) do projeto, estando dependentes do sucesso dos promotores na implementação de cada fase.

Como candidatar-se ao StartUP Voucher?

O período de apresentação de candidaturas a esta terceira edição do Programa, 2019-2022, decorre desde julho 2019 e continuará até 26 de novembro de 2020.

De acordo com o IAPMEI, a disponibilização de todos os apoios irá permitirá a criação de 100 novas empresas. A submissão de candidatura é feita exclusivamente através da plataforma digital do IAPMEI

Para mais informações, pode visitar a página online do programa ou contactar diretamente o IAPMEI através dos Centros de Apoio Empresarial ou do Nº Azul.

Leia também:

Inovar é preciso

Como e Porquê ser PME Líder?

Consulte mais sobre este assunto em IAPMEI

 

O QUE A CAIXA PODE FAZER POR SI?

 
Começar nem sempre é fácil, sobretudo quando falamos de um projeto de negócio. A grande preocupação passa pelo financiamento inicial.

Para que possa fazer arrancar o seu projeto, os bancos podem ajudá-lo no financiamento mas, há que ter cautela com as opções que melhor sirvam esta primeira etapa.

A Caixa Geral de Depósitos disponibiliza uma linha de crédito com garantia mútua, de médio e longo prazo, para o desenvolvimento de empresas na fase inicial do seu ciclo de vida.

Saiba mais AQUI