Crédito Pessoal Saúde

Porque a saúde é o mais importante e os imprevistos acontecem.

Quando mais precisa, o Crédito Pessoal Saúde permite-lhe fazer face a despesas de saúde, previstas ou inesperadas, com condições de financiamento atrativas.
 Crédito Pessoal Saúde
  •  Montante

    Montante

    Mínimo de 5.000 €
    Máximo de 75.000 €
  •  Prazo

    Prazo

    Mínimo: 12 meses.
    Máximo: 120 meses.
  •  Garantia

    Garantia

    Para garantia do seu empréstimo pode constituir fiança ou penhor de aplicação financeira.

Características

Destinatários

Clientes particulares que pretendam financiamento para satisfazer necessidades de saúde, do seu agregado familiar e/ou familiares diretos (pais e filhos).

Finalidade

Aquisição de bens ou serviços destinados a satisfazer necessidades de saúde

Montante

Mínimo: 5.000€
Máximo: 75.000€

Prazo

Mínimo: 12 meses.
Máximo: 120 meses.

Taxa de juro*

A taxa de juro pode ser indexada à Euribor 12M ou taxa base fixa, entre 2 e 10 anos, acrescida de spread.







Reembolso

Prestações mensais, constantes (de capital e juros).

Garantia

Para garantia do seu empréstimo pode constituir fiança ou penhor de aplicação financeira.







Seguros**

Para a proteção dos clientes, a Caixa disponibiliza um pacote de Seguros**, em condições vantajosas:

Seguro de Vida: garante o pagamento do valor remanescente em dívida, relativo ao empréstimo concedido, em caso de morte ou de invalidez absoluta e definitiva da pessoa segura, por acidente ou por doença;

Seguro de Proteção ao Crédito: garante o pagamento das prestações relativas ao empréstimo concedido, em situação de baixa médica ou desemprego involuntário.








*Taxa de juro:

TAEG de 6,2% | Exemplo para um crédito de 30.000 €, com base numa TAN de 4,149% (Euribor 12M (1,249% em agosto 2022) + 2,900%), com prazo total de 60 meses. | Finalidade financiamento de despesas com saúde. | Prestação mensal: 554,52 € | Prémio de seguro de vida para cliente com 30 anos de idade no valor de 189,00 € | com conta à ordem aberta na CGD há mais 30 dias| comissão de estudo de 50,00 € e comissão de contratação de 150,00 € | Imposto do Selo sobre a utilização do Crédito, sobre os juros e sobre as comissões | MTIC: 34.590,72 €.

TAEG de 5,6%.| Cliente com detenção dos seguintes produtos: domiciliação de rendimentos, serviço Caixadirecta, cartão de débito e cartão de crédito, com utilização nos últimos 3 meses | com base numa TAN de 3,649% (Euribor 12M: (1,249% em agosto 2022) + 2,400%) | Prestação mensal: 547,76 € | MTIC 34.168,97 €.

TAEG de 6,6% | Exemplo para um crédito de 30.000 €, com base numa TAN de 4,880% (Taxa Base Fixa a 7 anos (2,380% em setembro 2022) + 2,500%), com prazo total de 84 meses. | Finalidade financiamento de despesas com saúde. | Prestação mensal: 422,33 € | Prémio de seguro de vida para cliente com 30 anos de idade no valor de 259,20 € | com conta à ordem aberta na CGD há mais 30 dias | comissão de estudo de 50,00 € e comissão de contratação de 150,00 € | Imposto do Selo sobre a utilização do Crédito, sobre os juros e sobre as comissões | MTIC: 36.953,71 €.

TAEG de 6,0% | Cliente com detenção dos seguintes produtos: domiciliação de rendimentos, serviço Caixadirecta, cartão de débito e cartão de crédito, com utilização nos últimos 3 meses | com base numa TAN de 4,380% (Taxa Base Fixa a 7 anos (2,380% em setembro 2022) + 2,000%) Prestação mensal: 415,33 € | MTIC 36.342,71 €.



**
Esta informação não dispensa a consulta da informação pré-contratual e contratual legalmente exigida.

Estes seguros são produtos da Fidelidade - Companhia de Seguros, S.A., comercializados através da Caixa Geral de Depósitos, S.A. (“CGD”), Avenida João XXI, 63, 1000-300 Lisboa, na qualidade de Agente de Seguros, registada na ASF sob o n.º 419501357, em 21 de janeiro de 2019, e autorizada a exercer atividade nos Ramos de Seguros de Vida e Não Vida com a Fidelidade – Companhia de Seguros S.A. Os dados do registo estão disponíveis em www.asf.com.pt. A CGD, enquanto Agente de Seguros, não assume a cobertura dos riscos, nem está autorizada a receber prémios nem a celebrar contratos de seguro em nome do Segurador.

 

 Crédito Pessoal Saúde

Simule aqui e saiba mais.

Para mais informações dirija-se a uma das nossas Agências ou fale connosco.

Quero ser contactado

Esclareça aqui as suas dúvidas

O que é um Crédito Pessoal (Crédito aos Consumidores)?

Um Crédito Pessoal (Crédito aos Consumidores) é um contrato de crédito celebrado com particulares, sem fins comerciais ou profissionais, para financiar a aquisição de bens de consumo, designadamente computadores, viagens, educação, saúde, obras, etc.

Incluem-se no regime do crédito aos consumidores:

  • Os empréstimos a particulares de montante entre os 200 e os 75 000 euros;
  • Os empréstimos destinados à realização de obras em imóveis, sem garantia hipotecária ou outro direito sobre coisa imóvel, mesmo que de montante superior a 75 000 euros.

É disponibilizado ao Cliente com montante, prazo e modalidade de pagamento (reembolso) definidos à partida.

Preciso de um crédito. Por onde começar?

Pode consultar a informação disponível no site cgd.pt sobre a oferta de Crédito Pessoal e Crédito Automóvel em comercialização na CGD.
Caso pretenda solicitar o Crédito sem se deslocar a uma agência, pode fazê-lo on-line através do serviço Caixadirecta ou da APP da CGD.

Qual a idade mínima e máxima para pedir um crédito?

A idade mínima são 18 anos e máxima são os 80 anos de idade no termo do contrato.

Existem comissões para solicitar um Crédito Pessoal?

Dependendo da finalidade do crédito, assim como do nível de envolvimento do Cliente com a CGD, ou mesmo no âmbito de Protocolos celebrados com a Caixa, podem ser cobradas comissões iniciais (comissão de estudo e/ou contratação) para a formalização de um Crédito Pessoal/Automóvel.

Posso reembolsar o meu crédito antecipadamente?

Sim, pode fazê-lo em qualquer momento, na totalidade ou parcialmente.
Deve notificar a instituição com um aviso prévio não inferior a 30 dias, em papel ou outro suporte duradouro.

Pode ficar sujeito ao pagamento de uma comissão.

Tenho de pagar alguma comissão pelo reembolso antecipado (parcial ou total) do crédito aos consumidores?

Se o reembolso antecipado ocorrer num período em que a taxa nominal do contrato seja fixa, poderá ter de pagar uma comissão não superior a:

  • 0,5% do montante do capital reembolsado, se o período remanescente entre a data de reembolso antecipado e a data estipulada para o termo do contrato de crédito for superior a um ano;
  • 0,25% do montante do capital reembolsado, se o período remanescente entre a data de reembolso antecipado e a data estipulada para o termo do contrato de crédito for inferior ou igual a um ano.

Não há lugar ao pagamento de qualquer comissão de reembolso antecipado se:

  • O reembolso ocorrer num período em que a taxa nominal do contrato seja variável (por exemplo, indexada à Euribor);
  • O reembolso tiver sido efetuado em execução de contrato de seguro destinado a garantir o crédito.

A comissão a pagar pelo reembolso antecipado não pode exceder o valor correspondente ao montante de juros que seriam exigidos ao cliente pelo período compreendido entre a data do reembolso antecipado e a data estipulada para o termo do período de taxa fixa.
Estas regras de reembolso antecipado aplicam-se aos contratos de crédito celebrados a partir de 1 de julho de 2009. Aos restantes contratos de crédito, por exemplo de montantes superiores a 75.000€, aplicam-se as regras de reembolso antecipado constantes do Decreto-Lei n.º 359/91.

Que documentos são necessários para efetuar um pedido de Crédito Pessoal?

Para formalizar o seu pedido de Crédito Pessoal em Agência só tem que se dirigir à sua agência habitual ou à agência da Caixa que lhe for mais conveniente e entregar:

  • bilhete de identidade e cartão de contribuinte ou cartão de cidadão;
  • cópia da última declaração de rendimentos e respetiva nota de liquidação do IRS;
  • recibo da última remuneração auferida por cada elemento do agregado familiar;
  • declaração da entidade patronal, sobre o vínculo laboral existente.

Na agência, ser-lhe-á solicitado o preenchimento dos restantes documentos necessários à formalização do seu pedido.
Para os pedidos de crédito em que seja necessário a apresentação de fiadores e/ou avalistas, estes deverão entregar os mesmos documentos de identificação, rendimentos e declarações sobre situação profissional acima mencionados.

Caso pretenda solicitar o pedido de Crédito Pessoal no Caixadirecta, só após a aprovação do crédito terá de fazer upload no CDOL dos documentos necessários à formalização do crédito (acima referidos).